sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Poemeto com Final Feliz

Poemeto com Final Feliz

Eu sinto meu peito pulsar uma canção,
Que, momentaneamente, afoga a aflição,
Tão característica do meu verso doente,
Pois bem sei, deles sou o mais descrente.
Contudo, este dia que nasce é diferente,
Traz cor à minha palidez de poeta ausente!

Um comentário:

  1. Gostei desse! Poxa... finais felizes são bons de quando em quando! ;*

    ResponderExcluir